Blog Blog

Shantala: massagem que você mesmo pode fazer no seu bebê

por Tateti Brinquedos / Há 1 mês

Você conhece a massagem indiana Shantala? Essa técnica tem como objetivo acalmar o bebê e aumentar o vínculo entre ele e o seu cuidador através do toque das mãos. Iniciada nos anos 70, ela foi desenvolvida pelo médico obstetra e ginecologista Dr. Frédérick Leboyer após uma viagem à Índia, onde ele observou que as mães tinham o hábito de massagear os filhos nas praças públicas como forma de se comunicar e transmitir afeto.

A Shantala traz diversos benefícios para a saúde mental e física do bebê, entre eles; melhora na qualidade do sono e digestão; maior desenvolvimento motor, fisiológico e emocional;  fortalecimento da capacidade respiratória; diminuição do estresse; estímulo da circulação sanguínea e  melhor funcionamento dos órgãos.

A técnica é recomendada para bebês com mais de 1 mês de vida e pode ser realizada em casa, mas com alguns cuidados especiais. Hoje, vamos ensinar você a massagear o seu pequeno com segurança e muito carinho. Confira!

 

Cuidados para fazer a Shantala

O bebê precisa estar bastante confortável e deitado. É indicado realizar em um horário em que ele não esteja com fome ou sono. Como o pequeno precisa ficar despido durante o processo, é necessário que o local seja bem aquecido para evitar que ele passe frio.

 

Posso usar óleos?

Sim! Óleos naturais são bem-vindos durante o processo e ainda podem facilitar o deslize entre as mães no corpinho do bebê. Apenas verifique com o médico se o pequeno possui algum tipo de alergia.

 

Se quiser, também pode incluir uma playlist bem relaxante para deixar a atmosfera ainda mais agradável e tranquila.

Você pode utilizar uma dessas seleções que listamos, clicando aqui.

 

Passo a passo da Shantala:

1º: Massageie o peito do seu bebê, movimentando as mãos do peito até as axilas. Cruze as suas mãos (fazendo um X)
e deslize-as do peito para o ombro.

2º: Estique o bracinho do bebê com uma mão e deslize a outra do ombro até o punho. Depois, abra a mãozinha do bebê e massageie as pontas dos dedos calmamente. (Faça nas duas mãos).

3º: Faça um formato de concha com a sua mão e passe da barriguinha até o quadril. Chegando no quadril, segura as pernas do bebê para cima e deslize novamente, no mesmo movimento anterior.

4º: Levante uma perninha do bebê e massageie da virilha até o tornozelo. Em seguida, segure a perna com as duas mãos e, bem suavemente, faça um movimento de torção também da virilha até o tornozelo. Repita o processo na outra perna.

5º: Com a perninha também levantada, escorregue o seu polegar do centro do pé até os dedinhos, e depois deslize a sua mão. Começando pelo polegar, faça uma massagem em todos os dedos.  Repita o processo no outro pezinho.

6º: Vire o bebê de barriga para baixo e, com as duas mãos, faça movimentos paralelos de vai e vem (descendo e subindo) nas costinhas. Após, apóie o quadril do bebê com a sua mão direita e deslize a esquerda da nuca até o bumbum.

7º: Deixe o bebê de barriga para cima.  Massageie o seu rostinho movimentando os dedos indicadores e médios em formato de um arco, começando no meio da testa, passando pelas sobrancelhas e terminando nos olhos. Em seguida, faça da testa até as bochechas e finalize alcançando o queixo.

8º: Utilize os polegares e passe, delicadamente, pelas laterais do nariz até os cantos da boca em movimento de cima para baixo, e vice-versa. Depois, passe os polegares pelos olhos, da testa ao queixo.

9º: Para finalizar a prática, dê um banho de imersão em um balde ou banheira deixando o bebê flutuar. Dê sustentação ao corpo dele apoiando o seu antebraço embaixo do ombro e pescocinho, enquanto segura pelas axilas.

Até a próxima! 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *